27.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

OUÇA AO VIVO

ASSISTA AO VIVO

Autor do ‘PL do aborto’ rebate Lula: “Triste ver você transformando uma discussão tão séria em um ataque pessoal”

Publicado em:

- Anúncio -

O deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), autor do projeto de lei que propõe equiparar a pena para o crime de aborto ao homicídio simples, respondeu às críticas feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O parlamentar acusa Lula de transformar uma discussão séria em um ataque pessoal.

Durante entrevista à CBN, o presidente Lula reafirmou sua posição contrária ao aborto, mas destacou que vítimas de estupro não deveriam ser obrigadas a levar adiante uma gestação resultante do abuso. O presidente também criticou o projeto de lei de Sóstenes, sugerindo que o deputado estaria usando a questão para testar sua posição.

Confira a fala completa do presidente:

 

Utilizando sua conta no X (antigo Twitter), Sóstenes reagiu às declarações de Lula.

“É realmente triste ver você transformando uma discussão tão séria em um ataque pessoal”, afirmou o deputado.

Ele defendeu a sua proposta dizendo que não visa punir as vítimas, mas proteger a vida que já existe.

“Um estuprador não é pai, uma criança não é mãe, e um bebê de 22 semanas não é descartável. O aborto não é a solução!”, declarou.

Sóstenes afirmou ainda que o verdadeiro teste é a habilidade de enfrentar questões morais com seriedade e criticou Lula por transformar uma questão de vida ou morte em um jogo político.

“Ironia do destino, o verdadeiro teste é a sua habilidade de enfrentar questões morais com seriedade. Transformar uma questão de vida ou morte em um jogo político é desrespeitoso”, disse.

 

O parlamentar também questionou a moralidade do presidente ao mencionar o caso de Luis Cláudio Lula da Silva, filho do presidente, que foi denunciado por sua ex-companheira por agressão física e psicológica. Sóstenes usou este exemplo para criticar os valores familiares de Lula e questionar a seriedade do presidente em lidar com questões morais.

 

Polêmica Ganha Repercussão

O Projeto de Lei 1904, popularmente conhecido como “PL do Aborto”, tem dividido opiniões nas redes sociais. O projeto de autoria do deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) propõe a imposição de um limite de 22 semanas para a realização de abortos em casos de estupro no Brasil.

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12/6), a urgência do projeto e causou polêmica nas redes sociais.

A discussão sobre o projeto de lei tem gerado uma forte repercussão tanto na esfera política quanto na sociedade civil. Deputados, vereadores, senadores de diferentes partidos e até famosos têm se manifestado a respeito.

 

Deixe seu comentário
- Anúncio -
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo

| Compartilhar

Últimas Notícias

- Anúncio -
Instagram Rede Onda Digital
TV Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Siga-nos no X
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital
Rádio Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -