25.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

VÍDEOS: Temporal no RJ causa deslizamentos, morte e deixa município em alerta

Publicado em:

- Anúncio -

A anunciada frente fria chegou ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22/03) e deve permanecer ao menos até domingo (24/03), segundo os meteorologistas. O impacto é sentido desde o início do dia em várias regiões do estado e causou ao menos uma morte: um homem foi atingido por um raio em praia de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos.

Petrópolis era o município mais afetado até o início da noite. A cidade entrou em “alerta” e teve ao menos 35 deslizamentos. Um deles atingiu uma casa e deixou soterrados uma mãe e três filhos. Duas pessoas haviam sido resgatadas, e as buscas continuavam pelas outras três.

O Governo do Rio de Janeiro anunciou que o “risco hidrológico e geológico muito alto na cidade “. A cidade deve continuar enfrentando enchentes, inundações, alagamentos e deslizamentos.

A Prefeitura de Petrópolis acionou as sirenes de emergência duas vezes no primeiro distrito, nas localidades de São Sebastião, Vila Felipe, Dr. Thouzet, Independência e 24 de Maio.

As regiões Metropolitana, Serrana e a Costa Verde também sofreram consequências. Uma casa desabou em Nilópolis e três pessoas foram resgatadas com vida.


Leia mais:

RJ tem aviso de grande perigo por previsão de “chuva extrema”

No Maranhão, oito municípios decretam emergência devido as fortes chuvas


Na capital, houve queda de ao menos 6 árvores e várias ruas alagadas. O município está no Estágio 2, o segundo nível em uma escala de cinco de riscos.

Defesa Civil Nacional e o Ministério da Integração indicaram cuidados que a população das áreas afetadas deve tomar:

  • Obedeça sirenes, deixar sua casa caso seja pedido e seguir orientações de autoridades. Vale o mesmo para carros de som e mensagens de SMS.
  • Obedeça ordens de autoproteção e pense na vida em primeiro lugar.
  • Envie seu CEP para o número 40199 e receba alertas da Defesa Civil em seu celular.
  • Entre em contato com a Defesa Civil local para se informar quais são os refúgios mais próximos e sobre riscos.
  • Busque abrigo em áreas seguras e aguarde até que a chuva pare.
  • Evite atravessar regiões alagadas. A exposição e o contato com a água contaminada podem causar doenças como hepatites virais, leptospirose, diarreias e verminoses.

Veja os vídeos:

Deixe seu comentário
- Anúncio -
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo

| Compartilhar

Últimas Notícias

- Anúncio -
Youtube - Rede Onda Digital
Rádio Onda Digital
TV Onda Digital
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -