26.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

TJAM determina prisão preventiva de líder de facção criminosa

Publicado em:

- Anúncio -

O desembargador plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) José Hamilton Saraiva dos Santos determinou a prisão preventiva de Clemilson dos Santos Farias, o “Tio Patinhas”, um dos líderes de facção criminosa que comanda o tráfico de drogas na região Norte.

A medida atende ao pedido de tutela provisória de urgência pleiteada pelo Ministério Público do Amazonas (MPE/AM), e suspende parcialmente os efeitos da sentença que absolveu o acusado, proferida no último dia 25 de janeiro pela 2.ª Vara de Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute). A decisão resultou na expedição de Alvará de Soltura do réu.

“Observo que a prisão preventiva é a medida adequada ao presente caso, haja vista a necessidade de garantir a ordem pública, de acautelar o meio social e, ainda, de assegurar a credibilidade da Justiça, em virtude do poder que o Réu exerce dentro de uma facção criminosa que comanda o tráfico de drogas na região Norte, assim como, para garantir a aplicação da lei penal, em razão da iminente possibilidade de fuga, dado o elevado poder econômico do acusado“, registrou o desembargador em trecho da decisão.

Leia mais:

Com aumento nos casos de Covid-19, TJAM adota trabalho em regime de home office

TJAM alerta contra tentativa de golpes em e-mails

 

O magistrado acrescenta que “(..) os elementos constantes nos Autos revelam que a liberdade do Réu configura-se como ato de repercussão social negativo, singularmente, porque, como esmiuçado anteriormente, não se trata de um mero soldado do tráfico e, sim, de um dos líderes de uma facção criminosa, com poder econômico, e que movimenta o comércio de entorpecentes no território amazonense”.

Os efeitos da decisão durarão até o julgamento do mérito do recurso (Apelação Criminal) relativo à sentença de absolvição, já interposto pelo Ministério Público do Amazonas. Clemilson foi preso em 2015 pelos crimes previstos nos arts. 33 e 35 da Lei n.º 11.343/2006, art. 1.º da Lei n.º 12.683/2012 e art. 2.º da Lei n.º 12.850/2013.

O desembargador plantonista determinou a redistribuição do processo para a Primeira Câmara Criminal do TJAM, onde deverá ficar sob relatoria da desembargadora Vânia Marques Marinho. A magistrada impetrou Habeas Corpus impetrado em favor do réu; o pedido, no entanto, foi negado.

 

Via assessoria

 

Deixe seu comentário
- Anúncio -
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo

| Compartilhar

Jornalismo
Jornalismo
Equipe de jornalismo do portal Rede Onda Digital.

Últimas Notícias

- Anúncio -
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital
TV Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Rádio Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -