26.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

Em discurso no Congresso, Bolsonaro cita projetos prioritários para o governo em 2022

Publicado em:

- Anúncio -

Em discurso na sessão solene de abertura dos trabalhos do Congresso em 2022, realizada na tarde de quarta-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro apresentou o balanço de algumas medidas tomadas pelo governo no ano passado e citou projetos considerados importantes na atual gestão.

Segundo o presidente, o governo não mediu esforços para salvar vidas, preservar empregos e combater a pandemia. Bolsonaro destacou a compra e distribuição de vacinas, e lembrou das fortes chuvas das últimas semanas, que caíram em estados do nordeste e sudeste.

O chefe do Executivo afirmou que o governo repassou quase R$ 2 bilhões para a recuperação dessas localidades. Lembrou também da criação do Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituiu o Bolsa Família.

Leia mais:

Moraes encaminha pedido de investigação contra Bolsonaro por desobediência

Bolsonaro visita áreas destruídas pelas enchentes em São Paulo

 

 

O presidente também elogiou a decisão da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) de convidar o Brasil a participar da organização. Em relação ao trabalho em conjunto com as Casas legislativas federais, afirmou que existem três projetos considerados prioritários pelo governo e que merecem atenção do Congresso.

São os projetos de portabilidade da conta de luz, a reforma tributária, que tramita no Senado; e o projeto que altera as garantias para obtenção de crédito no país, chamado de Marco Legal das Garantias.

Ao final do discurso, Bolsonaro defendeu a ausência de regulação da internet. “Em 2022 continuaremos trabalhando para o desenvolvimento, o progresso e o bem-estar de nosso povo. Sempre galgados em nossos princípios, valores e democracia. Os senhores nunca me verão pedir neste parlamento pela regulação da mídia e da internet. Eu espero que isso não seja regulamentado por qualquer outro Poder”.

Crise sanitária

Em seguida, o presidente Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, fez um breve discurso sobre o impacto da pandemia de Covid-19, que provocou a morte de mais de 600 mil brasileiros.

“A pandemia do vírus COVID-19 tragicamente assolou mais de 5 milhões de vidas ao redor do mundo, ceifando 600 mil brasileiros. Concomitantemente, incontáveis famílias sofreram com os efeitos socioeconômicos dessa crise sanitária, passando a conviver com desemprego e carência de meios”.

 

Via Agência Brasil

 

Acompanhe nossas redes sociais

 

Deixe seu comentário
- Anúncio -
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo

| Compartilhar

Jornalismo
Jornalismo
Equipe de jornalismo do portal Rede Onda Digital.

Últimas Notícias

- Anúncio -
Rádio Onda Digital
TV Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -