25.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

Comitê adia início das aulas presenciais e cancela desfile das escolas de samba

Publicado em:

- Anúncio -

Em reunião realizada nessa sexta-feira (14), o Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19 decidiu adiar, para o dia 14 de fevereiro, o início das aulas presenciais da rede pública estadual. O grupo também recomendará que as escolas da rede privada iniciem as aulas na mesma data. Após a avaliação do cenário epidemiológico, o Comitê determinou, ainda, o cancelamento do desfile das escolas de samba no Centro de Convenções.

Os profissionais de escolas de samba deverão participar de live promovida pelo Governo do Amazonas para diminuir os prejuízos financeiros da categoria.

As medidas foram debatidas com representantes dos poderes legislativo e judiciário e de órgãos de controle. O decreto estadual que trata sobre o início do ano letivo entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (17). A validade será por tempo indeterminado.

Leia mais:

Polícia encerra festa por superlotação que descumpria novo decreto; veja vídeos

Confira novo decreto de enfrentamento do covid-19 no AM

“Diante do cenário que nós temos, estamos adiando a volta às aulas, que seria no dia 7 para o dia 14. Naturalmente que a gente vai avaliando como é que evoluem os casos de Covid-19 e outras síndromes respiratórias. Tudo isso é para segurança dos profissionais da educação, para os alunos e para os pais, neste momento em que a gente está em alerta”, disse o governador.

Contrapartida

Em relação ao Carnaval, o governador Wilson Lima informou que o Estado deve realizar uma live, semelhante às realizadas para o Festival de Parintins dos anos de 2020 e 2021.

“O desfile das escolas de samba está cancelado. Nós estamos cancelando com as escolas de samba para fazermos outra modalidade, lives. E estamos elaborando outras alternativas para garantir o repasse de recursos para esses profissionais, aquelas pessoas que dependem da arte e da movimentação desses recursos nessa época do ano, da renda do Carnaval”, declarou o governador.

Em contrapartida, as escolas de samba funcionarão como postos de vacinação do Estado e da Prefeitura de Manaus para aumentar a cobertura vacinal contra a Covid-19.

“Nos últimos quatro dias nós tivemos cinco mil casos de Covid-19, é muito importante que o público complete seu esquema vacinal. Muito importante nos próximos 15 dias evitar as aglomerações, continuem usando máscara, álcool em gel, mantenham as mãos sempre limpas”, reforçou o secretário de Estado da Saúde, Anoar Samad.

 

Via assessoria

 

Acompanhe nossas redes sociais

Deixe seu comentário
- Anúncio -
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas

| Compartilhar

Jornalismo
Jornalismo
Equipe de jornalismo do portal Rede Onda Digital.

Últimas Notícias

- Anúncio -
TV Onda Digital
Rádio Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -