29.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

“Quem rouba a população é a Amazonas Energia”, afirma deputado Sinésio

Publicado em:

- Anúncio -

Em entrevista à rádio Onda Digital na manhã desta segunda-feira, 14, o deputado Sinésio Campos (PT), que preside a CPI da Energia na Assembleia, comentou as denúncias da população de aumentos abusivos e absurdos na conta de energia. E ele não mediu palavras: Campos afirmou categoricamente que abusos ocorrem e que a Amazonas Energia estaria “roubando a população”.

Veja mais:

Ipem identifica prejuízos causados por erros em medidores da Amazonas Energia

Governo do Estado e Ipem vão fiscalizar medidores de energia em Manaus

“A Amazonas Energia ia nas casas”, disse o deputado, “e tirava os medidores, alegando problemas no display ou denúncia, e já trazia de volta com laudo feito pela empresa, e com a multa, mandando a pessoa pro cartório e as pessoas que se virassem. Quando observávamos corte de energia no final de semana, ou em período de pandemia, o que é proibido por lei, apresentei o pedido de CPI. Diziam que não ela daria em nada, mas se ela acabasse hoje eu ficaria feliz. Porque tudo que venho falando se comprova, que quando essa empresa coloca todo mundo como suspeita de furto de energia, na verdade é ela quem rouba da população”.

“O único órgão que tem poder de fazer laudo e perícia é o Ipem (Instituto de Pesos e Medidas)”, continuou Campos. “Pra multar também tem que ter laudo do Ipem. O problema é que a população não tinha essa informação e ficava batendo de porta em porta. Hoje, Procon, Ipem, Ordem dos Advogados do Brasil e a própria Assembleia estamos todos juntos. Estamos fazendo essas reuniões da CPI de forma itinerante, indo aos bairros e essa semana, começando nos municípios. E a população está trazendo essas denúncias. Vai chegar o momento em que vamos reconvocar os donos da Amazonas Energia, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Essa empresa está extorquindo, tocando o terror e causando constrangimento à população”.

O deputado se colocou à disposição para atender à população: “Amanhã às 17h vamos estar na Escola Ondina de Paula no Japiim. Vai ter pessoas do Procon e do Ipem para atender. E terça, quarta e quinta as reuniões da CPI continuam na Assembleia, podem nos contactar. Quero parabenizar a população que está denunciando essas cobranças e esse abuso moral. Só assim vamos deixar claro que essa empresa não está acima da lei”.

O Ipem está fazendo a fiscalização de medidores e vai lavrar o auto de infração. A multa para a Amazonas Energia pode chegar a 5 milhões. Caso sinta que a cobrança de energia está com valor desproporcional, o consumidor pode ir ao Procon com documento de identificação, comprovante de residência e fatura que deseja contestar (e anteriores para comparação).

O Ipem também colocou sua ouvidoria à disposição, no número 0800 092 2020.

Acompanhe nossas redes sociais

Deixe seu comentário
- Anúncio -
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas

| Compartilhar

Ivanildo Pereira
Ivanildo Pereira
Repórter de política na Rede Onda Digital Jornalista formado pela Faculdade Martha Falcão Wyden. Política, economia e artes são seus maiores interesses.

Últimas Notícias

- Anúncio -
TV Onda Digital
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Rádio Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -