32.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

OUÇA AO VIVO

ASSISTA AO VIVO

Eduardo Leite sinaliza candidatura à Presidência, que pode ser pelo PSD

Publicado em:

- Anúncio -

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite sinalizou hoje em entrevista à Rádio Gaúcha que está disposto a ser pré-candidato nas eleições presidenciais deste ano. Atualmente filiado ao PSDB, Leite disputou as prévias do partido para definir a candidatura à presidência contra o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o governador de São Paulo, João Doria – este último acabou sendo o indicado do partido.

Na entrevista, Leite afirmou:

“Não quero viver com o sentimento de que poderia ter feito algo e não fiz, então eu vou usar a pista toda que eu tenho pela frente até eu sentir que a tomada de decisão se imponha. Eu não sou candidato a salvador da pátria. O erro do Brasil é apostar em salvadores da pátria e mitos, ou outras figuras messiânicas. Acho que não é por aí”.


Leia mais:

Eleições 2022: saiba como regularizar o título de eleitor

Nova pesquisa: Lula continua liderando eleição presidencial, mas Bolsonaro e Ciro crescem


A fala dele ocorre um dia depois da declaração do presidente do PSD, Gilberto Kassab, que afirmou em evento no domingo que quer Leite como candidato do partido à presidência. Kassab disse:

“O PSD vai ter um candidato à Presidência da República. Todo o nosso esforço é para que seja o governador Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul. O meu sentimento é que ele será e que poderá contribuir muito. Com o nosso esforço, caso ele se eleja a presidente da República, vai ajudar a mudar o Brasil”.

A esperança do PSD é confirmar Leite como mais um nome a propor uma “terceira via”, para quem não deseja votar nem no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nem no atual presidente, Jair Bolsonaro (PL). A movimentação recente das pré-candidaturas à presidência envolve também o atual presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que anunciou sua desistência de concorrer na última quarta, dia 9.

O calendário eleitoral estipula que prefeitos e governadores em exercício que queiram concorrer a outros cargos têm até o dia 2 de abril para renunciar a seus mandatos atuais. Leite, então, tem até o fim do mês para decidir se vai ou não concorrer ao Palácio do Planalto.

Com informações do UOL e CNN Brasil.
Deixe seu comentário
- Anúncio -
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas

| Compartilhar

Ivanildo Pereira
Ivanildo Pereira
Repórter de política na Rede Onda Digital Jornalista formado pela Faculdade Martha Falcão Wyden. Política, economia e artes são seus maiores interesses.

Últimas Notícias

- Anúncio -
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
TV Onda Digital
Instagram Rede Onda Digital
Rádio Onda Digital
Siga-nos no X

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -