24.3 C
Manaus

DISQUE DENÚNCIA

TV Onda Digital AO VIVO

ao vivo

ao vivo

Setor de serviços cresce 1,1% no Amazonas em 2023, segundo IBGE

Publicado em:

- Anúncio -

O setor de serviços no Amazonas teve um aumento de 1,1% em 2023, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento foi registrado em relação ao ano de 2022.

De acordo com a pesquisa, com isso, os serviços fecharam 2023 de forma positiva. Porém, bem abaixo do alcançado em 2022, quando o indicador bateu 8,9%, segundo o IBGE.

A variação percentual acumulada no ano de 1,1%, inseriu o setor de Serviços do Amazonas na 25ª posição entre os Estados e Distrito Federal. O pior desempenho foi do Amapá (-2,2%) e o melhor em serviços foi o Estado do Mato Grosso (16,4%).


Veja mais:
Tubulação de água se rompe e abre cratera na avenida Constantino Nery, em Manaus

Roubo a ônibus registra queda de 27,27% em janeiro de 2024 em Manaus, diz IMMU


Diferente do que ocorreu em 2022, o ano de 2023 foi muito desafiador para atividade de serviços. Durante o ano houve muitos meses de quedas nas vendas, o que impossibilitou uma boa performance anual.

Em dezembro de 2023 o volume do setor de Serviços foi de 2%, frente a novembro, na série com ajuste sazonal, no Amazonas. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o volume de serviços no Estado foi de -3,8%.

A variação mês/mês anterior, obtida em dezembro, posicionou o setor na 8ª posição entre as demais Unidades da Federação. O melhor desempenho foi observado em Sergipe (9,8%) e a pior performance ocorreu no estado do Tocantins (-6,4%).

Receita nominal
Em dezembro, a receita nominal aumentou 2,7% frente a novembro, na série com ajuste sazonal. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a receita do setor de Serviços no Amazonas aumentou 3,8%.

No acumulado do ano, a receita do setor foi de 5,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Com isso, a receita nominal de serviços, que em seu cálculo não leva em conta a inflação, fechou 2023 em situação bem abaixo a dezembro de 2022.

A variação percentual mensal, que compara a receita nominal dos serviços do mês atual com a receita do mês anterior, de 2,7%, obtida em dezembro de 2023, posicionou o setor de Serviços do Amazonas na posição intermediária entre as outras Unidades da Federação, com o Estado figurando na 9ª posição. O pior desempenho foi o do Tocantins (-3,6). Já o melhor desempenho ficou com Sergipe (12,7%).

A variação percentual acumulada no ano, de 5,3%, obtida em dezembro de 2023, colocou o setor de Serviços do Amazonas na 24ª posição entre as outras Unidades da Federação.

Os piores desempenhos foram os de Amapá (3%), São Paulo (3,4%) e Mato Grosso do Sul (5%). Já os melhores desempenhos ficaram com Tocantins (16,9%), Mato Grosso (15,9%) e Paraná (13,4%.)

Média móvel
Em dezembro, a média móvel trimestral de Serviços foi de -0,9%, demonstrando que a atividade vem mantendo suas vendas numa faixa negativa nos últimos meses. Sem boas perspectivas para a próxima divulgação.

Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
A PMS produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no país, investigando a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, excluídas as áreas de saúde e educação.

Há resultados para o Brasil e todas as unidades da Federação. Os resultados podem ser consultados no Sidra. A próxima divulgação da Pesquisa Mensal de Serviços, referente a janeiro de 2024, será em 15 de março de 2024.

*com informações do g1

Deixe seu comentário
- Anúncio -
UEA - Universidade Estadual do Amazonas  - Informativo
Rádio e TV Câmara
Tribunal de Contas do Estado do Amazonas

| Compartilhar

Últimas Notícias

- Anúncio -
Rádio Onda Digital
Youtube - Rede Onda Digital
Entrar no grupo de Whatsapp - Rede Onda Digital
TV Onda Digital

Mantenha-se conectado

0FansLike
0FollowersFollow
513FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Anúncio -